Nobre Casa de Cidadania

Definir Ato Nobre

Como definiria o conceito de “Ato Nobre”? E se perguntasse aos seus familiares e amigos o que é um Ato Nobre, acha que iriam dar uma definição igual à sua? Provavelmente não. Certamente que não.

Atualmente não existe uma definição formalizada de Ato Nobre. Tal facto não é de admirar pois este é um conceito complexo e composto por um conjunto de outros conceitos. Nas respostas dos seus amigos e familiares provavelmente poderia identificar alguns ângulos, tal como aconteceu connosco, da primeira vez que perguntámos às pessoas o que seria, de facto, um Ato Nobre. Foi dessa forma que, mesmo sem uma definição, ficámos a conhecer algumas das dimensões que lhe são inerentes e fundamentais: abnegação, altruísmo, abdicação, desinteresse, superação e transcendência.

Foi a partir destas dimensões que a Nobre Casa de Cidadania enfrentou o seu primeiro desafio: para poder cumprir os seus objetivos – reconhecer, homenagear e eternizar Atos Nobres – era necessário definir o conceito de “Ato Nobre”.

Esta definição resultou de um trabalho conjunto do Conselho Institucional, partindo da reflexão das instituições que o integram e incorporando os importantes contributos da dos cidadãos – representados pelos Embaixadores da Nobre Casa de Cidadania (os colaboradores da empresa Nobre) e pelos utilizadores da página de Facebook do Movimento Portugal é Nobre.

Finalmente e, graças a este esforço conjunto, a Nobre Casa de Cidadania congratula-se de apresentar e divulgar a sua definição de Ato Nobre:

“Um Ato Nobre é uma ação realizada em benefício de terceiros, ausente de qualquer interesse pessoal, refletindo o carácter de quem a pratica ao demonstrar integridade, honra e humanidade.”