Nobre Casa de Cidadania

Orgânica

A Nobre Casa de Cidadania tem uma estrutura orgânica própria, autónoma e independente que assegura o cumprimento do seu propósito e da qual fazem parte um conjunto de organizações cujas áreas de atuação refletem a natureza multidimensional do Ato Nobre, não apenas ao nível da ética e da moral mas também do mérito e do sucesso.

Esta estrutura materializa-se em três figuras:

Cidadãos, que são a essência da Nobre Casa de Cidadania. Só com a sua participação ativa é possível identificar os Atos Nobres; sem eles esta iniciativa não seria possível.  

Conselho Institucional, que avalia as propostas e reconhece os Atos Nobres. O Conselho Institucional é formado por: Autoridade Nacional para a Proteção Civil, Corpo Nacional de Escutas, Direção-Geral da Educação, Direção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, Estado-Maior General das Forças Armadas, Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, Fundação para a Ciência e Tecnologia, GRACE, INEM, Liga dos Bombeiros Portugueses, Plataforma Portuguesa das ONG para o Desenvolvimento, Polícia de Segurança Pública.  

Embaixador(es), personalidade, de referência da sociedade portuguesa que adota, diariamente, a missão de promover o projeto, ajudando-o a crescer.